.




Foto: Divulgação
                                                          
.
.

Gays conquistam posições de destaque em Itatira


Segunda-feira, 2 de abril de 2018 Atualização: 04:38

Houve um tempo, na década de 1980 e 1990 que os homossexuais eram motivo de piadas e xingamentos nas ruas no municipio de Itatira. Mas este tempo passou e hoje a sociedade itatirense tolera bem mais os homossexuais do que antes. “Hoje para um adolescente estar bem mais fácil se assumir gay do que era para os adolescentes que viveram a década de 1990. Ser gay naquela época era algo bem mais difícil que hoje”, diz um homossexual.
.
. .
. .
. .

Os gays também conquistaram espaços e cargos de destaque no município de Itatira ganhando visibilidade através do seu talento e profissionalismo. “Graças a estes gays muitos pais estão percebendo que ser gay também pode dar orgulho para eles e que em momento algum é motivo para vergonha na familia. Os homossexuais de Itatira conquistaram seu espaço, tornaram-se respeitados e admirados”, diz um homossexual.

A sociedade itatirense tem vindo a abrir-se em questões de ordem sexual, em todos os locais do municipio há mais aceitação. A sociedade está mais aberta: Nas cidades de zonas urbanas e até em comunidades da zona rural. Num bar há a possibilidade de conhecer um gay, beijarem-se e sair com aquela pessoa sem receber insultos ou xingamentos. "Antes a gente não via gays se beijando em festas ou homens beijando gays em público. Hoje é normal, não causa mas nenhuma surpresa" diz um homossexual do distrito de Lagoa do Mato.

O numero de jovens que se consideram bissexuais também estar crescendo e ficando mais em evidencia em Itatira. "Hoje os itatirenses entendem e aceitam tranquilamente o fato de um rapaz fazer sexo com outros rapazes e também com moças", relata um rapaz que é bissexual e que também mora no distrito de Lagoa do Mato.

Para a psicologa
Carolina Marques um dos motivos para a diminuição no preconceito em Itatira é a mudança de geração. “Os adolescentes e jovens de hoje são aqueles da Geração Z, que estar bem mais aberta ao sexo gay do que aqueles de gerações anteriores”, diz a psicóloga Carolina Marques.

A Geração Z é a definição sociológica para definir a geração de pessoas nascidas no fim da década de 1990 até 2010. Esta geração é tida como a geração mais tolerante e empática que já existiu, a mais aberta à legalização do casamento gay, a mais favorável à igualdade de gênero e a menos apegada aos papeis de gêneroe binariedade de gênero.
 
.

Compartilhar no Facebook
......
.

.
.
.


Recomendado para você

.




.






.






.






.






.






.






.






.






.






.






.






.






.







.






.






.
 EM ALTA  ENTRETENIMENTO & ARTES  FINANÇAS
 BRASIL  ESPORTE  GENTE & ESTILO
 GAY  IMAGENS  INTERNACIONAL
 POLITICA  RADIO  SAÚDE
 TECH & CIÊNCIA  TEMPO & NATUREZA  TURISMO
 TV  URBANO & SOCIEDADE  VIDEOS
.

Sobre

Termos de Uso

Mobile

Ajuda

Privacidade e Cookies

Direitos Autorais

Contate-nos

Anuncie seu negócio

.

.                                                    © Todos os direitos reservados.