.




Foto: Divulgação
                                                          
.
.

Usuáros da TIM e Vivo em Itatira reclamam de quedas no sinal das operadoras


Domingo, 19 de fevereiro de 2017  Atualização: 04:38

Desde os celulares analógicos dos anos 1990 até os aparelhos 3G (terceira geração) que dispõem de internet em alta velocidade, um problema ainda não foi corrigido pelas operadoras de telefonia móvel que atuam no município de Itatira: a queda do sinal da antena. Moradores de bairros distantes, distritos e até de comunidades da zona rural amargam a dificuldade de não poder se comunicar quando precisam, mesmo havendo cobertura de celular na região ou quando a comunicação é feita através de celulares rurais.  
.
. .
. .
. .

Moradores do distrito de Lagoa do Mato reclamam da Vivo - única operadora que cobre o distrito – para se comunicar com seus parentes, amigos ou contatos profissionais. “Quando a Vivo chegou nos imaginávamos que iríamos poder conversar sem perder o sinal. Mas isso não ocorreu e as vezes o sinal da operadora cai”, reclama uma moradora. Eu preciso falar ao celular direto, mas não consigo por falta de sinal e tenho de usar o telefone fixo, que fica bem mais caro”, reclama a moradora.

A dona de casa Maria dos Santos mora também no distrito de Lagoa do Mato, e reclama de quedas também no sinal da operadora TIM – que é captado no distrito por meio de antenas rurais. Através das redes sociais, usuários das operadoras telefônica TIM e Vivo vêm reclamando da falta de sinal no município de Itatira. No Facebook, muitos moradores ja reportaram dificuldades de conexão e serviço de voz.

A falta de sinal de telefonia celular impede os aparelhos ligados à operadora de fazer ou receber chamadas. Em muitos casos, as operadoras reestabelecem o serviço rapidamente, alegando o rompimento de cabos de fibra óptica da companhia. Mas muitas vezes o sinal so retorno no dia seguinte.

Em muitos casos, usuários já afirmaram terem passado mais de duas semanas sem sinal de celular. “Já fiquei duas semanas sem sinal da TIM, às vezes preciso conversar com meu marido que está trabalhando e não tem como”, conta uma moradora, que não tem telefone fixo em casa e usa apenas um celular rural para poder ter acesso aos serviços da operadora TIM.

Os moradores da sede de Itatira, que tem cobertura da TIM e da Vivo, também têm dores de cabeça com as operadoras. “Meus clientes me diziam que chamavam o meu número e recebiam mensagem de que ele estava desligado, mas meu aparelho estava ligado e carregado. Depois é que fiquei sabendo que a TIM estava com problemas. Para mim foi um caos”, reclama uma moradora da sede do municipio. “Eu tive muitos problemas de sinal com a Vivo”, diz outro morador.

Além da dificuldade em completar ligações, clientes relatam problemas também na transmissão de dados entre celulares das operadoras com números fixos e clientes de outras empresas de telefonia móvel. Quando a operadora consegue restabelecer o sinal, muitos usuários relatam, porém, volta no sinal, e afirmam que as linhas já funcionam. Para outros, o serviço continua fora do ar.

Muitos moradores porém não ligam para as operadoras para reclamar das quedas no sinal. “As pessoas ficam irritadas na hora em que precisam ligar, mas depois esquecem e raramente formalizam a queixa”, diz outra moradora. Para especialista, é importante que, antes de levar a denúncia de falta de sinal ao Procon, a pessoa ligue à operadora para registrar a queixa e anote o número do protocolo de atendimento, que serve como prova.

Procurada, a TIM se limitou a informar que não cobre o distrito de Lagoa do Mato, no município de Itatira e que o sinal da operadora captado no distrito ocorre por meio de antenas rurais. A TIM ressaltou que esse método pesquisa o sinal mais próximo da região. A operadora ressaltou que assim que os problemas de comunicação são detectados, técnicos passam a corrigir o problema. ATIM informou ainda “alguns incidentes podem ter causado dificuldade aos clientes para originar e receber chamadas”, mas que trabalha para restabelecer o sinal.

A Vivo informou que passou a cobrir o distrito de Lagoa do Mato recentemente e que o sinal pode ocorrer falhas, mas que técnicos atuam para tentar corrigir o problema. A Vivo informou que alguns de seus clientes de Lagoa do Mato e Itatira enfrentam dificuldades temporárias para realizar e receber chamadas, assim como utilizar a rede de dados, em razão de falha em equipamentos. Ainda de acordo com a empresa, equipes técnicos da companhia trabalham para a normalização dos serviços, que passam a operar regularmente. A empresa lamentou os transtornos e reforçou o seu compromisso junto aos clientes.
.

Compartilhar no Facebook
......
.

.
.
.


Recomendado para você

.




.






.






.






.






.






.






.






.






.






.






.






.






.







.






.






.
 EM ALTA  ENTRETENIMENTO & ARTES  FINANÇAS
 BRASIL  ESPORTE  GENTE & ESTILO
 GAY  IMAGENS  INTERNACIONAL
 POLITICA  RADIO  SAÚDE
 TECH & CIÊNCIA  TEMPO & NATUREZA  TURISMO
 TV  URBANO & SOCIEDADE  VIDEOS
.

Sobre

Termos de Uso

Mobile

Ajuda

Privacidade e Cookies

Direitos Autorais

Contate-nos

Anuncie seu negócio

.

.                                                    © Todos os direitos reservados.