.




Foto: Divulgação
                                                          
.
.

Cresce número de casas, predios publicos e muros pichados em Itatira


Quinta-feira, 12 de março de 2015  Atualização: 04:38

As pichações aparecem com frequência cada vez maior nas ruas do distrito de Lagoa do Mato, em Itatira. Seguindo o mesmo padrão, as pichações são em cores verdes, preto ou azul. Há poucos semanas a aposentada Maria das Graças, do distrito de Lagoa do Mato, teve uma surpresa logo que começou o dia, pela manhã. Ao ir em frente de sua casa, ela encontrou as paredes pichadas.
.
. .
. .
. .

Morando em Itatira a quase 20 anos, ela nunca tinha visto os muros dos vizinhos pichados e agora surgiu a pichação em sua casa. Ela teve que refazer a pintura dos muros e das paredes para remover as marcas, possivelmente deixadas durante a noite. “Vejo esses desenhos em todos os lugares. Eu sabia que um dia seria aqui”, diz a aposentada que mora no distrito de Lagoa do Mato. “Eles passam pela rua deixando suas marcas onde podem”, diz a moradora Francisca da Silva Sampaio que também comprou tintas para repintar a parede.

As marcas deixadas com spray vem sendo feitas sobretudo nas ruas do distrito de Lagoa do Mato, tanto em muros quanto em paredes e portas e marquises. Entre as pichações estão frases de protesto e desenhos que, para a maioria das pessoas, não fazem muito sentido. A dona de casa Maria Santos de Oliveira admite que muitos vizinhos desistiram de pintar novamente os muros e portões de casa.

“Os imóveis estavam pichados com tintas nas fachadas com escritas até mesmo indecifráveis”, diz. Diversos moradores reclamam que as casas têm sido alvo constante de pichadores que picham os muros durante a madrugada, deixando um rastro de sujeira e prejuízo.

As pichações no distrito de Lagoa do Mato foram localizados em residências, prédios comerciais, prédios públicos e muros. Geralmente as cores utilizadas são verdes, azul ou preto. Pichação é o ato de escrever ou rabiscar sobre muros, fachadas de edificações, asfalto de ruas ou monumentos, usando tinta em spray aerossol, dificilmente removível, estêncil ou mesmo rolo de tinta.

No geral, são escritas frases de protesto ou insulto, assinaturas pessoais ou mesmo frases 
indecifráveis, embora a pichação seja também utilizada como forma de demarcação de territórios entre grupos – às vezes gangues rivais. A pichação é, por definição, feita em locais à noite, em operações rápidas, sendo tratada como ataque ao patrimônio público ou privado.

A pichação é um crime ambiental de acordo com a Lei nº 9.605 de 12 de fevereiro de 1998. Se o crime for cometido por adolescentes, os pais ou responsáveis serão penalizados com multa estipuladas. Os moradores alegam que não sabem se trata-se apenas de vândalos ou se os pichadores são envolvidos com outros crimes. No entanto, os pichadores seguem sujando muros de residências e do patrimônio público, muitas vezes recém reformados.
.

Compartilhar no Facebook
......
.

.
.
.


Recomendado para você

.




.






.






.






.






.






.






.






.






.






.






.






.






.







.






.






.
 EM ALTA  ENTRETENIMENTO & ARTES  FINANÇAS
 BRASIL  ESPORTE  GENTE & ESTILO
 GAY  IMAGENS  INTERNACIONAL
 POLITICA  RADIO  SAÚDE
 TECH & CIÊNCIA  TEMPO & NATUREZA  TURISMO
 TV  URBANO & SOCIEDADE  VIDEOS
.

Sobre

Termos de Uso

Mobile

Ajuda

Privacidade e Cookies

Direitos Autorais

Contate-nos

Anuncie seu negócio

.

.                                                    © Todos os direitos reservados.