.




Foto: Divulgação
                                                          
.
.

Casos de pessoas desaparecidas são cada vez mais comum em Itatira


Terça-feira, 17 de abril de 2018
  Atualização: 04:38

Os casos de pessoas moradores do municipio de Itatira desaparecidos estão se tornando cada vez mais comum. Entretanto é preciso ter atenção a algumas dicas. Assim que se perceber uma mudança de rotina, ou após tentativas de conseguir contato com a pessoa em questão e perguntar a parentes, amigos, namorados e vizinhos. Os familiares devem procurar o Departamento de Polícia mais próximo para formalizar o desaparecimento.
.
. .
. .
. .

“Existe um mito de que é preciso esperar 24h, 48h para comunicar o desaparecimento. Não é necessário. Ele deve ser comunicado de imediato”, diz um especialista. Leve foto atual da pessoa e algum comprovante de residência. Tente rastrear os últimos passos da pessoa desaparecida. Rede social, amigos, grupos, celular, na escola, no trabalho, etc. Se você possui familiares que residam em outras localidades, tente entrar em contato com os mesmos, pois muitos desaparecidos costumam se refugiar em casas de amigos ou parentes que moram em outras localidades.

Converse com as últimas pessoas que tiveram contato com o desaparecido para avaliar a sua situação psicológica e emocional (estado de espírito) tentando obter uma possível indicação do motivo ou destino do mesmo. Entre em contato com os Hospitais, Departamento Médico Legal (DML e/ou IML) para saber se o desaparecido não sofreu algum acidente ou foi vítima de violência.

Em caso de pessoas com debilidade mental, tente informar quantas vezes já desapareceu, onde foi encontrada, se estava recolhido a algum hospital ou casa de tratamento. Após, registre a ocorrência de desaparecimento da pessoa na delegacia mais próxima, fornecendo a maior quantidade de informação possível, se possível, levando consigo uma foto da pessoa desaparecida.

Anote o telefone da Delegacia e o nome do investigador que ficará responsável pelo caso. Mantenha contato e disponibilize as informações que ele pedir. Procure o jornal da sua cidade. Peça publicação do desaparecimento. Faça o mesmo telefonando para as rádios e peça divulgação. Faça cartazes e distribua em locais movimentados da cidade. Avise amigos, divulgue na rede social.

O primeiro procedimento da polícia, após receber o registro, é fazer uma busca em toda a rede estadual de hospitais, casas de saúde, e IML (Instituto Médico-Legal). O objetivo é localizar pessoas que possam ter dado entrada nesses lugares sem consciência, vítimas de algum acidente – ou mesmo vítimas fatais, no caso do IML. Continuando desaparecido, abrir inquérito policial para investigação para saber se houve crime. Havendo suspeita de sequestro ou rapto, poderá solicitar a quebra do sigilo telefônico ou dos meios tecnológicos. Providenciar o bloqueio do RG do desaparecido. Fazer constar no INFOSEG a tarja desaparecido.  
  
.

Compartilhar no Facebook
......
.

.
.
.


Recomendado para você

.




.






.






.






.






.






.






.






.






.






.






.






.






.







.






.






.
 EM ALTA  ENTRETENIMENTO & ARTES  FINANÇAS
 BRASIL  ESPORTE  GENTE & ESTILO
 GAY  IMAGENS  INTERNACIONAL
 POLITICA  RADIO  SAÚDE
 TECH & CIÊNCIA  TEMPO & NATUREZA  TURISMO
 TV  URBANO & SOCIEDADE  VIDEOS
.

Sobre

Termos de Uso

Mobile

Ajuda

Privacidade e Cookies

Direitos Autorais

Contate-nos

Anuncie seu negócio

.

.                                                    © Todos os direitos reservados.