Crime PM DE LUTO

Policial feminina mata colega da PM após sofrer assédio sexual

A policial já havia denunciado Marcos por assédio e chegou a pedir transferência para outro batalhão.

18/05/2020 02h02 Atualizada há 2 semanas
Por: Itatira NEWS

Na manhã da última terça-feira (12), a cabo da PM Mérlyn Aparecida Petruz matou o capitão Marcos Ono Honda com dois tiros após ser supostamente assediada pelo colega dentro do 3º batalhão de choque, na Vila Maria, zona norte de São Paulo. Segundo informações, a policial já havia denunciado Marcos por assédio e chegou a pedir transferência para outro batalhão.