Canindé COMOÇÃO NA PM

Policial militar natural de Canindé comete suicídio: “cuidem dos meus filhos”

Policial já prestou serviços em Canindé e Santa Quitéria.

14/08/2020 21h47 Atualizada há 1 mês
Por: Itatira NEWS

Uma policial militar natural do município de Canindé, no interior do Ceará, cometeu suicídio nesta sexta-feira (14). Atualmente Ana Cláudia Sousa Pereira Santos, de 31 anos, trabalhava na PM de Fortaleza, na 1ª Companhia do 6° Batalhão. Mas já prestou serviços nos municípios de Canindé e Santa Quitéria. Ela era conhecida como Cabo Cláudia. Segundo informações passadas pela policia, ela ligou para o 190 afirmando que iria cometer suicídio e quando os policiais chegaram a sua residência encontraram ela morta com deu um tiro na cabeça.

Ainda de acordo com a policia, antes de morrer, ela deixou mensagens em redes sociais onde pedia desculpas pelo que faria. “Passando para me despedir de vocês, vou morrer mas antes quero fazer o bem, sou doadora de órgãos. Abram os olhos, muita gente sofre perto de vocês e vocês não enxergam. Cuidem dos meus filhos, deixo tudo pra eles”, escreveu nas redes sociais antes de cometer suicídio. Ela tinha 11 anos na corporação da policia militar do Estado do Ceará. A Secretaria de Segurança Pública e a Polícia Militar emitiram notas de pesar.