Itatira ENTERRO

Amigos e familiares prestam ultimas homenagens a Naiane Alves em Itatira

O enterro será domingo (18), as 16h, no cemitério do distrito de Cachoeira.

18/10/2020 13h56 Atualizada há 2 semanas
Por: Itatira NEWS

O corpo da jovem Naiane Alves, de Itatira, está sendo velado na comunidade de Lagoa de Dentro a partir desde sábado (17). O corpo deve chegar a comunidade por volta das 17h. O enterro será domingo (18), as 16h, no cemitério do distrito de Cachoeira, em Itatira. Amigos e familiares prestam as ultimas homenagens a jovem. Naiane lutava contra um câncer e morreu na ultima quinta-feira (15). Ela estava internada em um hospital de Rondônia e faleceu por volta das 2h55min da manhã. Em entrevista ao Itatira NEWS, o irmão da jovem contou que na ultima segunda-feira (12) o quadro de saúde dela começou a piorar. “Na segunda ela pediu para falar comigo, com os familiares, disse que estava com muita dor. Infelizmente hoje de madrugada veio a falecer”, disse Nathan Santos. Familiares e amigos da itatirense chegaram a fazer uma campanha para arrecadar dinheiro para custear as despesas em virtude do tratamento dela. A mobilização nas redes sociais chegou a arrecadar 26 mil reais, da meta de 80 mil. Somente através da internet, foram 379 doadores, além de centenas de outras pessoas que ajudaram pessoalmente.

Cantores, políticos, empresários e cidadãos comuns se mobilizaram nas redes sociais em arrecadar doações. O cantor Junior Viana chegou a gravar um vídeo em que pedia solidariedade a campanha. Naiane fez 30 anos no dia 18 de setembro. Era estudante de educação física e personal trainer. Em dezembro de 2019, ela foi diagnosticada com câncer de colo uterino e em fevereiro começou o tratamento de quimioterapia e radioterapia. Com o começo do tratamento começaram as complicações nos rins e ela foi submetida a uso de sonda e hemodiálise, interrompendo por várias vezes o tratamento. Além dessas complicações fisiológicas ela ainda tinha problemas com a demora na realização de exames e tratamentos. Com esses atrasos a doença se agravou e passou para os ossos.

A jovem começou a sentir muitas dores e tendo que ficar fazendo uso de medicamento constantemente. Amigos e familiares começaram a fazer uma campanha na internet para custear as despesas dela com o tratamento em outra cidade. Naiane tinha interesse em fazer o tratamento no Hospital do Amor, de Barretos, no interior de São Paulo, que é considerado referência no tratamento desse tipo de câncer. Entretanto, não conseguiu vaga. Recentemente, ela conseguiu uma vaga em outra unidade do Hospital do Amor, em Porto Velho, em Rondônia, onde estava internada lutando contra a doença. “Amo muito minha profissão e sempre procuro da o melhor de mim nessa área. Com o coração partido tive que interromper meus estudos e trabalho”, disse Naiane quando teve que iniciar o tratamento.