Regional ItatiraNEWS.com

Moradores de Itatira têm WhatsApp clonados por golpistas

Golpistas pedem dinheiro a parentes e amigos.

12/01/2021 18h00 Atualizada há 7 dias
Por: Itatira NEWS

Moradores de Itatira afirmam estarem sendo vitimas de golpistas ao terem seus WhatsApp clonados. Com a ajuda de funcionários de operadoras de telefonia, os falsários conseguem clonar as contas para pedir dinheiro a parentes e amigos das vítimas. O esquema consegue tirar do ar o celular da vítima e assim assumir a conta e enviar mensagens aos seus amigos e parentes, solicitando transferências bancárias. Quando ocorre a clonagem a linha do assinante deixará de funcionar, e o WhatsApp irá exibir uma notificação alertando sobre a redundância de contas ativas em aparelhos diferentes. Pensando estar recebendo mensagens da pessoa que era dona do whatsapp as pessoas fazem até deposito em dinheiro. Ao invadir a conta de WhastApp, os golpistas podem conseguir transferências bancárias de várias pessoas.

Especialistas lembram que, ao invadir uma conta de WhatsApp, os falsários têm acesso a todo o histórico de conversas, grupos e contatos que pode incluir dados pessoais e detalhes que só as vítimas sabem. Isso torna os pedidos de transferência de dinheiro mais convincentes. "Ele (o golpista) vai identificar quem são os parentes, quem são os amigos. Tem todo um histórico que ele pode se aproveitar para fazer o golpe mais efetivo e realmente a pessoa nem se questionar", diz um especialista.

Existem algumas dicas para evitar que o whatsapp seja clonado. Um método simples, e que requer acesso ao aparelho, é sincronizar o WhatsApp web num outro smartphone. Para verificar se alguém está acessando a sua conta do WhatsApp pelo navegador de internet usando outro aparelho, abra o WhatsApp e toque no ícone em formato de "três pontos”, depois toque sobre a opção WhatsApp Web e toque sobre a opção "Sair de todos os computadores". Para dificultar a clonagem da conta do WhatsApp, está disponível nativamente o recurso de verificação em duas etapas. Quando habilitado será preciso informar uma senha, dessa forma não bastará habilitar a linha num outro chip, pois será preciso informá-la para poder ativar a conta no novo aparelho. Mas vale salientar que se você esquecer a senha e não tiver indicado uma conta de e-mail para recuperação, não haverá como redefinir a senha e a conta no WhatsApp será perdida.

Por meio de nota, a operadora Vivo se posicionou sobre as fraudes. "A Vivo informa que revisa constantemente as suas políticas e procedimentos de segurança na busca permanente pelos mais altos controles de segurança nos acessos às informações dos seus clientes. A empresa comunica que os casos mencionados se encontram em apuração interna e que trata com o rigor da lei quaisquer possíveis desvios, seja de seus colaboradores ou de terceiros. A Vivo mantém em sua página na Internet orientações para a prevenção de fraudes e orienta, como medida preventiva, que em situações suspeitas o cliente confirme a veracidade das informações com o solicitante utilizando outros meios de contato. Para relatar atividades suspeitas, o cliente pode enviar um e-mail para [email protected], entrar em contato com call center ligando no *8486 ou ir até uma das lojas Vivo", disse a Vivo.