Saúde DESINFORMAÇÃO

Moradores de Itatira espalham mentiras sobre a vacina contra Covid-19

Desconfiar das vacinas pode levar a perdas irreparáveis no municipio.

22/01/2021 13h18
Por: Itatira NEWS

As vacinas contra o coronavirus vêm principalmente para diminuir mortes, hospitalizações e casos graves no município de Itatira, onde 26 moradores já morreram após serem infectados pelo vírus. No entanto, muitos internautas de Itatira têm se manifestado contrários a vacina e afirmando que não vão tomar o medicamento. Teorias conspiratórias e desinformação alimentam a desconfiança em Itatira. Em grupos de WhatsApp, há internautas de Itatira que usam as redes sociais para dar eco a conteúdo falso e gerar desconfiança na campanha de vacinação da secretaria de saúde do município. Com isso, os níveis de aceitação da vacina contra Covid-19 podem diminuir. Muitos moradores de Itatira estão se recusando a tomarem a vacina contra o coronavirus e outros afirmam que não irão se deixar ser vacinados.

Enquanto o mundo vive em meio à pandemia de uma doença grave e mortal, outra pandemia, mais sutil, vem se desenvolvendo, com efeitos igualmente perigosos. Trata-se de uma onda de desinformação envolvendo a vacina contra o coronavirus. Um levantamento feito pelo Itatira NEWS mostrou que muitas pessoas no município de Itatira estão compartilhando informações falsas sobre a vacina, e identificou um aumento em postagens com conteúdo falso ou distorcido envolvendo a vacina contra a covid-19. Há quem poste até que, após tomar a vacina, as pessoas “correm o risco de virar jacaré” ou “que a vacina contém um chip que seria a marca da besta”. A desinformação continua se espalhando pelas redes sociais em Itatira. As mentiras espalhadas por internautas de Itatira colocam em risco as campanhas de vacinação contra a covid-19 no município e até mesmo a confiança geral nas vacinas.

No Brasil, a narrativa que coloca em dúvida a vacinação parte até de governantes, como o presidente Jair Bolsonaro, que tem colocado em dúvida a segurança dos imunizantes e defendido o direito de o cidadão não tomar doses. Esse discurso encontra oposição dentro do próprio governo federal: o vice-presidente, Hamilton Mourão, já falou que a vacinação é uma estratégia coletiva, e não uma questão individual. Em entrevista ao Itatira NEWS, uma moradora de Itatira afirmou que decidiu que não vai vacinar a família contra a covid-19. “Vi em um grupo religioso que isso tem um chip que traz a marca da besta”, disse a mulher que é evangélica. Moradores de Itatira que incentivam pessoas a não tomarem a vacina fazem uma atitude absolutamente irresponsável e criminosa. Estima-se que a imunização contra a Covid-19 salve centenas de vidas em Itatira. Desconfiar das vacinas ou não aderir às campanhas pode levar a perdas irreparáveis. A vida humana não tem preço. Diante desse cenário, o STF (Supremo Tribunal Federal) decidiu que estados e municípios podem criar leis de obrigatoriedade da vacina contra o coronavírus e definir restrições a quem desobedecer.