Pedido de ajuda ItatiraNEWS.com

“Me ajudem pelo amor de Deus”, pede mãe de bebê que está na UTI

A bebê, de apenas um mês de vida, está na UTI entre a vida e a morte, precisando fazer dois exames com urgência.

06/06/2021 09h07 Atualizada há 1 dia
Por: Itatira NEWS

A mãe da pequena Isys Vitória, a bebê de Itatira de apenas um mês de vida, pediu “pelo amor de Deus” ajuda aos internautas. A bebê está na UTI do Hospital Sertão Central, de Quixeramobim, entre a vida e a morte, precisando fazer dois exames, mas a família não tem condições de pagar. “Os médicos pediram urgência na realização desses exames, justamente para poderem realizar uma cirurgia na cabecinha dela. Só que aqui neste hospital não se faz estes exames e estou na fila do SUS aguardando há mais de um mês vendo a hora minha filhinha morrer. Vocês não sabem o que é a dor ver sua filha nessa situação na UTI sem poder fazer nada”, disse a mãe, Erislene Pereira da Sousa. Os exames que Isys precisa fazer é uma ressonância e uma cariótipo. Há mais de um mês Erislene aguarda uma vaga no Hospital Albert Sabin, em Fortaleza, referência no tratamento infantil no Ceará, mas até agora nada. Desesperada, a mãe foi às redes sociais implorar pela vida de sua filha na esperança de conseguir os exames na rede particular. O WhatsApp de Erislene é 88 9 8191 9327 e está disponível para ajuda.

Isys Vitória desde que veio ao mundo está lutando para viver. Sua mãe, Erislene, contou que procurou o posto de saúde do município com dores de parto. De lá foi encaminhada para Canindé, há quase 80 quilômetros de distância, onde os médicos descobriram que ela precisava fazer uma cesariana com urgência. A mãe conta que, naquele dia, não havia no Hospital São Francisco, de Canindé, materiais para realização de cesariana, foi ai que ela foi transferida para um hospital em Quixeramobim, mais distante ainda de Itatira. Quando sua bebê veio ao mundo, no dia 27 de abril de 2021, para tristeza da mãe, sua filha estava morta. Os profissionais de saúde do Hospital do Sertão Central, de Quixeramobim, então tentaram de tudo para reanimar a bebê. Foi então que a menininha voltou à vida. Esta pequena itatirense recebeu o nome de Isys Vitória. Uma vitoriosa, uma pequena guerreira, que lutou pela vida e conseguiu viver. Mas os médicos descobriram que Isys estava com problemas na cabeça, uma condição rara que afeta os bebês. Foi ai que a luta de Erislene começou. Desta vez, para conseguir realizar os exames na pequena Isys Vitória. Erislene aguarda na fila do SUS há mais de um mês para realizar os exames, enquanto que a situação de sua filha só se complica. A pequena Isys luta para viver na UTI do Hospital de Quixeramobim e está entre a vida e a morte.