Jogos FORTALEZA

Mulher é presa por contratar homem para matar e esquartejar o ex-namorado

"Eu ia beber o sangue dela para você saber como eu sou ruim", disse a mulher que mandou matar o marido.

05/02/2022 00h32 Atualizada há 3 meses
Por: Itatira NEWS

A Polícia Civil prendeu em Fortaleza, uma mulher de 56 anos suspeita de contratar um homem para matar e esquartejar o ex-companheiro dela, de 31 anos, por não aceitar o término do relacionamento. A suspeita chegou a enviar vários áudios para a vítima, identificada como Francisco Mairton Maciel da Silva, com ameaças a ele e a outra mulher com quem ele estava se relacionando. Em uma das ameaças ela chegou a dizer que queria beber o sangue da mulher que estava com ele. "Eu ia beber o sangue dela para você saber como eu sou ruim. Você nunca soube como eu sou ruim", diz.

Cremilda Ferreira da Silva foi capturada no mesmo dia que a polícia prendeu José Airton da Silva, de 46 anos, contratado por ela para matar e esquartejar Francisco Mairton. Conforme a Polícia Civil, Francisco pela última vez na residência de Cremilda. Desde então, ele estava desaparecido. A suspeita alegava para as pessoas que o homem saiu da casa na madrugada do dia 28 de novembro e não mais retornou. Investigações da polícia apontam que a mulher arquitetou a morte do ex-companheiro e contratou José Airton, ex-namorado dela, que já tinha antecedentes criminais por homicídio.

Para a polícia, Francisco Mairton foi executado na residência da suspeita e teve o corpo esquartejado, ainda no local. Tendo as partes do corpo levadas para outro endereço. Os membros inferiores do corpo foram encontrados no Bairro Jassanaú, em Maracanaú, na Região Metropolitana de Fortaleza e a identificação foi confirmada através após exame de DNA feito pela Perícia Forense do Ceará (Pefoce). A suspeita foi presa por força de um mandado de prisão preventiva. Já José Airton, suspeito de executar a vítima, foi localizado na casa da atual companheira, no Bairro Canindezinho.