Estupro CRIME

Policia procura casal gay suspeito de estuprar o próprio filho adotivo

O casal pode responder por estupro de vulnerável tendo em vista que o filho tem menos de 14 anos de idade.

05/03/2012 10h19 Atualizada há 4 semanas
Por: Itatira NEWS

Um casal homossexual é acusado de espancar e estuprar o filho adotivo. A diarista e vizinhas resgataram o garoto, que foi encontrado trancado em um quarto, cheio de hematomas e com febre alta. A criança era apresentada aos vizinhos como filho adotivo. Os três viviam em uma casa na zona norte da capital paulista. A empregada do casal estranhou o fato do menino ter ferimentos pelo corpo e não querer sair do quarto nem para ir à escola. Levado ao hospital, a criança deu entrada com sintomas de desidratação, desnutrição e pneumonia em grau avançado. Ele tinha queimaduras pelo corpo e há sinais de estupros. Na Bahia, a mãe do menino que teria sido vítima de abuso sexual ficou sabendo da história pela televisão e procurou a Rede Record. O casal pode responder por estupro de vulnerável tendo em vista que o filho tem menos de 14 anos de idade.