Balneário e Churrascaria Talir Super Banner
Baratão das Frutas
Doutor Danilo Martins Super Banner
POSTO IPIRANGA SUPER BANNER
Solutions Super Banner
VIDA ALHEIA

Veja o que fazer caso seja vitima de fofocas em Itatira

Moradores de Itatira vitima de fofocas podem entrar na justiça e pedir reparação do boato espalhado.

18/06/2019 19h48Atualizado há 3 meses
Por: Itatira NEWS

Moradores de Itatira vitima de fofocas podem entrar na justiça e pedir reparação do boato espalhado. "Em cidade pequena, o povo fala muito da vida dos outros, xinga e inventa histórias. Fica aquela historia de fulano disse, ciclano falou, e ficam os boatos de boca em boca. Quem se sentir humilhado pode entrar com ação na justiça receber indenização em dinheiro", diz um advogado.

Segundo o advogado Carlos Oliveira, a difamação é espalhar boatos que a respeito de alguém. Por exemplo quando um vizinho espalha que "você traiu o marido", ou "fica com todo macho de esquina", "é usuário de drogas", etc. "Quem espalha a fofoca, embora não tenha inventado, comete o crime de difamação porque espalhou um boato difamatorio a seu respeito", diz o advogado.

Ele explica que é muito fácil pedir indenização. "Para pedir a indenização, basta pedir para um advogado entrar na justiça cobrando reparação de danos morais", diz. Todo tipo de humilhação a pessoa pode receber indenização, como por exemplo chamar de "vagabundo", "corno", "rapariga", etc. "Injuriar alguém, significa colocar em uma pessoa uma condição de inferioridade, pois ataca de forma direta seus próprios atributos pessoais. Mesmo que outras pessoas não tenham ouvido os xingamentos, as ofensas configuram o crime de injúria", diz o especialista.

Injuria

Todo tipo de humilhação seja publica ou em particular contra você que atinja sua dignidade e seja pronunciada no sentido te lhe humilhar e lhe deixar em situação de inferioridade é crime de injuria. Por exemplo: chamar de "macaco preto", "viado", "vagabundo", "rapariga", "corno", "sapatona", "filho da p.", etc.

Difamação

A difamação é espalhar boatos que a seu respeito de alguém. Por exemplo quando um vizinho espalha que "você traiu o marido", ou "fica com todo macho de esquina", "é usuário de drogas", etc. Quem não espalha a fofoca, embora não tenha inventado, comete o crime de difamação porque espalhou um boato difamatorio a seu respeito.

Calunia

É um tipo grave das fofoca. Ocorre quando um vizinho acusa alguém de algo considerado crime e que a pessoa na realidade não cometeu. Por exemplo: chamar a pessoa e espalhar boatos de que a pessoa é "ladrão", "estuprador", "assassino", "pedofilo", "traficante", etc.

Denunciação caluniosa

É mais grave de todas as fofocas. Ocorre quando um vizinho lhe denuncia a policia por um crime que não cometeu e você é preso ou passa a responder a um processo por algo que não cometeu. Neste tipo de crime, quem fez a acusação falsa pode - além da indenização - pegar até 8 anos de dentenção porque movimentou a máquina publica e o aparelho do estado para um crime que nunca existiu. 

MAIS SAÚDE ODONTO
ANUNCIO MAIS SAÚDE ODONTO
POSTO IPIRANGA
MAIS SAÚDE ODONTO EM ITATIRA
Últimas notícias
POSTO IPIRANGA ANUNCIO
Mais lidas
MAIS SAUDE ODONTO ANUNCIOS