Solutions Super Banner
POSTO IPIRANGA SUPER BANNER
Doutor Danilo Martins Super Banner
Balneário e Churrascaria Talir Super Banner
Baratão das Frutas
EXEMPLO DE VIDA

Itatirense realiza sonho de ser engenheiro da computação e hoje mora no Canadá

Ele mora em Montreal, no Canadá, onde trabalha como iOS Developer, nome dado à pessoa que se dedica ao desenvolvimento e criação de aplicações para iPhone, iPad e iPod Touch.

11/07/2019 11h28Atualizado há 1 semana
Por: Itatira NEWS

O jovem Alcivânio Alves é de Itatira se tornou um exemplo e um orgulho para todo o municipio. O itatirense formou-se em Engenharia de computação pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (IFCE) e hoje mora em Montreal, no Canadá, onde trabalha como iOS Developer, nome dado à pessoa que se dedica ao desenvolvimento e criação de aplicações para iPhone, iPad e iPod Touch. “O segredo é que não tem segredo. Senta a bunda na cadeira e estuda muito, que no final das contas você vai conseguir”, disse o jovem que concluiu o ensino médio na Escola Nazaré Guerra, no distrito de Lagoa do Mato.

O jovem escreveu um artigo para o site Medium onde conta sua trajetória de vida. “Eu nasci em Itatira, uma cidade muito pequena que fica no interior do Ceará. Apesar da situação cômoda que vive minha família, ela é pobre. Para conseguir o meu diploma, me tornar um engenheiro de computação, passei por muita coisa, não foi fácil mesmo!”, disse o rapaz. “Se você tomar uma decisão, foca nela. Se escorregar não tem problema. Levanta e continua teu caminho. Persiste até o final”, diz o rapaz.

“A escola onde estudei era pública de interior e infelizmente não contava com um sistema de ensino tão apurado quanto os encontrados nas grandes escolas”, lembra o rapaz. “O problema é que quando alguém diz que eu não vou conseguir, eu entendo isso como um desafio. E de fato acabou se tornando um grande desafio”, diz o rapaz.

O rapaz contou no dia em que soube por telefone que iria estudar engenharia da computação no IFCE, de Fortaleza. “Desliguei o telefone e pulei soltando um grito bem contido para não incomodar a vizinhança. Eu não estava acreditando naquilo ainda. De fato só fui acreditar no primeiro dia de aula, quando o meu nome estava na lista de presença”, conta o rapaz que tinha o sonho de conseguir realizar a faculdade.

Para se formar naquilo que sempre sonhou o rapaz conta que levou a sério os estudos na faculdade. “Nas cadeiras de programação, eu tirava sempre tirava notas entre 9.5 e 10, e isso me deu um gás a mais para continuar na faculdade e aproveitar essas cadeiras”, lembra o rapaz.

“Naquela época eu tive que sentar no chão lá de casa, com um caderno na mão, um livro sobre planejamento pessoal, algumas orações (na época eu era bem religioso) e talvez até umas lágrimas. Eu estava decidindo ali o meu futuro. Decidi que iria dar atenção à faculdade, e tentaria ser uma versão melhorada de mim mesmo a cada semestre. Era a mudança que parte de dentro”, diz o rapaz.

“A maior parte do tempo eu consegui dar o melhor de mim. Sabe como? Colocando na minha cabeça que aquilo era importante. Enquanto meus colegas começavam a estudar para as provas uma semana antes, eu começava um mês antes. O resultado final (e honesto) é que eu consegui. Eu consegui ser muito melhor do que o Alcivanio que entrou na faculdade”, conta o rapaz.

“Significa que foi fácil? Não. Foi difícil para caramba. E eu senti isso na pele, literalmente. O stress oriundo de estar cursando um bocado de cadeira, das demandas do trabalho e dos problemas pessoais me causou um bocado de dores pelo corpo. As vezes eu nem conseguia dormir direito, preocupado com notas e com atingir o meu potencial máximo em alguma disciplina. Tinha vezes que eu mal conseguia dormir, pois estudava até tarde, as vezes acordava cedo demais ou estava só preocupado mesmo”, diz o jovem.

“Por vezes a minha rotina ficou tão louca que eu saia de casa 6:30 da manhã e voltava só 10:30 da noite. Entrava na faculdade de manhã, saía pela noite. E uma palavra final sobre isso: Valeu a pena sim. O senso de ter se esforçado e conseguido bons resultados é impagável”, diz o rapaz.

“Durante a faculdade eu pude ter contato com culturas novas, ideias novas e perspectivas novas. A faculdade é o lugar para você ir de encontro a grandes ideias, grandes pessoas, novos destinos, novos rumos”, diz o jovem. “Para mim era uma questão de honra conseguir se formar junto com a minha turma. Isso significaria que eu corri atrás do prejuízo. Significaria que eu venci a mim mesmo, me tornei melhor”, conta o rapaz.

“Eu quero dizer que se um rapaz de 19 anos consegue começar e terminar essa jornada, você também consegue, independentemente de qual seja a sua jornada. Quero que você sinta orgulho de você mesmo. Está pensando em abrir uma empresa? Vai em frente, e não desista. Tá pensando em sair do interior e começar uma faculdade? Você tem esse sonho? Pois invista em você mesmo. Se organize, planeje e corra atrás! Seja lá qual for o seu sonho, eu tenho certeza que se você se esforçar e tiver muito foco, você irá conseguir”, diz o rapaz. “E foco não é algo sobre-humano, qualquer um consegue ter. Realmente a vida é generosa com quem vive sua Lenda Pessoal”, diz o rapaz citando uma frase do livre “O Alquimista”, de Paulo Coelho.

MAIS SAÚDE ODONTO
POSTO IPIRANGA
ANUNCIO MAIS SAÚDE ODONTO
MAIS SAÚDE ODONTO EM ITATIRA
Últimas notícias
POSTO IPIRANGA ANUNCIO
Mais lidas
MAIS SAUDE ODONTO ANUNCIOS