MAIS SAUDE ODONTO EM LAGOA DO MATO, EM ITATIRA
Baratão das Frutas
POSTO IPIRANGA SUPER BANNER
VIRUS

Doença rara que pode ser mortal em cavalos e humanos é registrada em Boa Viagem

Adagri registrou morte de cavalos em Caucaia, São Gonçalo do Amarante, Canindé, Abaiara, Irauçuba e Limoeiro do Norte. Até o momento somente o caso de Boa Viagem foi confirmado.

15/08/2019 04h50Atualizado há 6 dias
Por: Itatira NEWS

Uma doença rara que pode ser mortal em cavalos e humanos foi registrado no municipio de Boa Viagem. A Agência de Defesa Agropecuária do Estado do Ceará (Adagri) confirmou o primeiro caso de Febre do Nilo Ocidental no Ceará. O caso foi diagnosticado em um cavalo do Município de Boa Viagem. A doença é considerada rara. O animal estava em um curral e morreu subitamente em decorrência da infecção viral aguda.

O secretário de Saúde de Boa Viagem, Wiliams Vaz, informou que já adotou medidas urgentes. A doença é transmitida a partir da picada de um mosquito. A infecção em humanos ocorre por meio de aves silvestres migratórias que também foram atacadas pelo mosquito transmissor.

Semanas antes da confirmação da morte do equídeo por decorrência da Febre do Nilo, a Adagri registrou morte de cavalos em Caucaia, São Gonçalo do Amarante, Canindé, Abaiara, Irauçuba e Limoeiro do Norte. O órgão direcionou coletas de amostras de tecido nervoso dos equídeos que vieram a óbito. Até o momento somente o caso de Boa Viagem foi confirmado.

Para o presidente da Câmara Setorial da Equinocultura do Ceará (CS Equinos), Alexandre Fontelles Pereira, o atual cenário é preocupante. A doença também pode afetar humanos. O primeiro registro da Febre do Nilo em humanos no Brasil foi documentado em 2014, no Piauí, seguido de outros dois naquele mesmo Estado, nos anos de 2017 e 2019. O ultimo caso resultou em óbito.

 

MAIS SAÚDE ODONTO
POSTO IPIRANGA
ANUNCIO MAIS SAÚDE ODONTO
MAIS SAÚDE ODONTO EM ITATIRA
Últimas notícias
POSTO IPIRANGA ANUNCIO
Mais lidas
MAIS SAUDE ODONTO ANUNCIOS