Santa Quitéria CRIME BÁRBARO

Homem de Santa Quitéria mata a ex-mulher, o atual namorado dela e comete suicídio

Além de um crime que abalou para sempre três famílias o caso chocou os moradores de Santa Quitéria.

06/02/2020 03h41 Atualizada há 3 meses
Por: Itatira NEWS

Um homem matou a ex-mulher com três tiros em Santa Quitéria, em seguida queimou o corpo da ex-companheira. Depois, ele foi até Fortaleza onde morava um homem apontado como o atual namorado da ex-esposa e também matou o rapaz a tiros. Após cometer os dois assassinatos, ele se matou dentro do carro. Juliana Sousa Cruz, de 39 anos, e Antonio Ednardo Dias Paiva mantiveram uma relação por pelo menos 18 anos. Eles tiveram dois filhos e tinham segundo familiares uma relação de amizade. No sábado, primeiro de fevereiro de 2020, Juliana, que é natural de Santa Quitéria, mas atualmente morava em Fortaleza, chega em sua terra natal acompanhada do ex-companheiro. Nenhum familiar imaginava o que poderia está para acontecer. Os familiares contaram a policia que o casal saiu para dar uma volta de carro. Era a ultima vez que os familiares viram Juliana e Ednardo vivos.

No domingo, bem cedo, os moradores de Santa Quitéria encontram em uma estrada da região o corpo de uma mulher parcialmente queimado e com o rosto desfigurado. Por volta das sete horas pela manhã, a policia da cidade é acionada e chega ao local. Uma rodovia, a CE-257, que liga os municípios de Santa Quitéria a Catunda. Um dos calçados que a mulher usava foi encontrado há poucos metros do local. A pericia atestou que a mulher morreu após levar três tiros. O corpo também foi queimado e deixado as margens da estrada. Na casa de Juliana, os familiares começaram a ficar preocupados já que ela não havia retornado para pegar um ônibus que sairia às dez e meia com destino a Fortaleza. A apreensão dos familiares aumentou quando eles souberam que o corpo de uma mulher havia sido encontrado. Foi ai que os familiares reconheceram o corpo localizado na estrada como sendo de Juliana. A dor dos familiares começava ai. E o principal suspeito do crime passou a ser o ex-companheiro dela: Ednardo.

De acordo com o laudo do IML, Juliana foi baleada com dois tiros no peito e um no braço e logo em seguida, foi queimada. Acompanhada de outros familiares, a filha de Juliana foi quem reconheceu o corpo, pelas roubas e pelo calçado que a mãe usava após sumir com o ex-companheiro. Após assassinar a sua ex-companheira, Ednardo viajou para Fortaleza. As oito horas e dezessete minutos da manhã de domingo um sistema de monitoramente registrou o carro na avenida Presidente Costa e Silva, na capital cearense. Ednardo se dirigiu para o bairro Planalto Ayrton Senna, onde estava Luiz Alessandro Oliveira, que era provavelmente o atual namorado de Juliana. Chegando lá, Ednardo matou Luiz Alessandro a tiros. 

Depois Ednardo se dirigiu para um motel, no bairro da Maraponga, em Fortaleza. O registro do automóvel mostra que o veiculo passou pela avenida Godofredo Maciel às 22 horas e 58 minutos. Dentro do motel, Ednardo praticou suicídio. No carro de Ednardo foram encontrados pertences de Juliana e uma arma de fogo. A policia de Santa Quitéria e o 19º Distrito Policial de Fortaleza estão a frente das investigações. A policia acredita que a motivação do crime tenha sido passional. Além de um crime que abalou para sempre três famílias o caso chocou os moradores de Santa Quitéria.