Piauí ERRO MÉDICO

Médico encontra pano esquecido dentro de mulher 20 dias após o parto

É normal colocarem um tampão para estancar o sangramento, mas que ele deveria ter sido retirado no prazo máximo 24 horas depois do nascimento do filho.

10/03/2020 14h28 Atualizada há 2 meses
Por: Itatira NEWS

Um casal do Piauí denunciou que após 20 dias do nascimento do filho, foi encontrado um "tampão" (um tecido utilizado para estancar sangramentos pós-parto) no canal vaginal da mãe. O ex-jogador de futebol Erivaldo Veloso contou que após a mulher passar mal em casa, a levou ao Hospital Geral do Buenos Aires, onde detectaram o problema. “Ela estava sentindo muita dor e não conseguia urinar. Levei ela ao Hospital e quando a ginecologista foi examinar, achou o tampão do tamanho de uma fralda dentro dela”, contou.

É normal colocarem um tampão para estancar o sangramento, mas que ele deveria ter sido retirado no prazo máximo 24 horas depois do nascimento do filho. “Foram 20 dias horríveis. Me sentindo mal, sentindo um mau cheiro em mim e não sabia o que era. Saí da maternidade sem nenhum tipo de informação. Não me falaram do tampão, não me falaram quando devia voltar para retirar os pontos, nem marcaram o meu retorno após o resguardo. Apesar disso, achei que estava saudável. Meu medo era que eu tivesse pego uma infecção e só descobrisse quando não tivesse mais jeito”, relatou.