Santa Quitéria CIDADE EM ALERTA

Moradores de Santa Quitéria relatam sofrer preconceito após morte por coronavírus

“As pessoas ficam achando que por sermos de Santa Quitéria podemos está levando o vírus”, disse uma moradora.

01/04/2020 10h26 Atualizada há 1 semana
Por: Itatira NEWS

Alguns moradores do municipio de Santa Quitéria, no interior do Ceará, relataram em redes sociais que estão sofrendo preconceito depois da confirmação da primeira morte por coronavirus no município. Habitantes do distrito de Raimundo Martins, na zona rural do município, reclamam que o preconceito com a comunidade passou a existir contra habitantes da localidade. Isso porque a senhora que morreu foi enterrada na comunidade. “Somos uma comunidade muita pequena e muita gente ta achando que todo mundo aqui na comunidade tem o vírus”, disse uma moradora do distrito de Raimundo Martins. “As pessoas nos olham com medo quando temos que ir resolver alguma coisa na cidade ou em outra comunidade. Acham que estamos levando o vírus para elas”, reclama outra moradora. Alguns moradores também da cidade de Santa Quitéria também relatam que passaram a sofrer algum tipo de indiferença após a confirmação da primeira morte do municipio. “As pessoas ficam achando que por sermos de Santa Quitéria podemos está levando o vírus para suas cidades”, disse uma moradora nas redes sociais.

O município de Santa Quitéria registrou a primeira morte confirmada para coronavírus. O resultado do exame de uma mulher que morreu comprovou que ela tinha o vírus. A mulher, de 60 anos, morreu no Hospital Regional Norte, em Sobral, onde estava internada. Trata-se da primeira morte de uma pessoa pelo coronavírus no interior do Ceará. A informação foi confirmada no boletim da Secretaria de Saúde do Ceará divulgado nesta terça-feira (31). O primeiro exame não conseguiu identificar se havia presença do coronavírus, dando inconclusivo. O prefeito do município, Thomás Figueiredo, chegou inclusive a fazer um vídeo narrando que o primeiro deu exame não confirmou coronavirus na paciente. Entretanto, horas depois ao vídeo do prefeito ser publicado, veio a confirmação do Lacen de que no segundo exame deu positivo para coronavírus. "Agora fui informado de que, infelizmente, o novo teste deu positivo", disse o prefeito de Sobral, Ivo Gomes. A mulher antes de morrer, a  senhora estava sendo acompanhada pela secretaria de saúde do município e chegou a ser encaminhada para o Hospital Regional Norte, em Sobral, mas não resistiu. O enterro ocorreu ainda no distrito de Raimundo Martins, na zona rural do município, sem a realização de velório conforme determinação para pessoas mortas com suspeita de coronavírus.