Itatira NAS REDES SOCIAIS

Itatirenses dizem que OMS “não sabem de nada e que só Deus sabe de tudo”

Profissionais da vigilância sanitária afirmam que estão enfrentando dificuldade para que as pessoas cumpram as orientações de segurança.

01/04/2020 20h21 Atualizada há 3 semanas
Por: Itatira NEWS

Moradores de Itatira desceram duras criticas nas redes sociais aos cientistas da Organização Mundial de Saúde – OMS. Eles também criticaram e chamaram de "burros", e de "merda" até o governo dos Estados Unidos e cientistas da Inglaterra. Profissionais da vigilância sanitária afirmam que estão enfrentando dificuldade para que as pessoas em Itatira cumpram as orientações de segurança. Nas redes sociais as criticas a cientistas e estudiosos são comum em grupos de WhatsApp. “Só quem sabe das coisas é Deus. Comedor de feijão não sabe de nada”, disse uma senhora de Itatira em um grupo de WhatsApp. ”Esse bando de papangu lá sabem de nada, querem saber mais do que Deus”, disse outra senhora de Itatira. “Não devemos ligar para o que eles dizem. Se tiver morrer é porque chegou a hora”, disse uma senhora.

Com o crescente o aumento dia após dia no número de casos de coronavírus em todo o mundo, cientistas da Organização Mundial de Saúde - OMS, que lida na luta pelo coronavirus, estimam que dentro de alguns dias o número de pessoas infectadas pelo vírus chegue a 100 milhões em todo o mundo. Nos próximos dias, a Organização estima que o número de mortos por coronavírus no mundo deve chegar a 50 mil. "Só quem sabe quantas pessoas vai morrer é Deus, nós nem ninguém sabe de nada. Gente do grupo não deveríamos dar ouvidos ao que cientista nenhuma fala, pois só Deus sabe das coisas. 

As criticas a cientistas continuaram. Um estudo liderado pelo Imperial College, de Londres, fez uma estimativa de como os diferentes países do mundo seriam afetados pela pandemia do coronavírus. O Brasil está entre os países citados. Segundo estes cientistas, em caso de nenhuma estratégia de isolamento e de enfrentamento da pandemia, o Brasil poderia ter mais de 1,15 milhão de mortes devido coronavírus. Com estratégias de supressão rígidas para toda a população, que são aquelas que buscam bloquear a circulação do vírus, o estudo diz que o número de mortes pode ser reduzido para 44,2 mil. O estudo foi assinado por 50 cientistas das mais prestigiadas instituições do mundo. Postagens com o alerta dos cientistas foram divulgadas em grupos de WhatsApp e, novamente, os itatirenses foram as redes sociais dizer que os cientistas não sabiam de nada. “Vão rezar ao invés de darem assombrando o povo”, disse outra internauta de Itatira. “Deus disse que no dia que o homem fosse querer mais do que Ele, então Ele iria destruir o mundo”, disse outra itatirense.

Até o prefeito de Nova Iorque e o governo americano foram alvos de criticas de Itatira. O prefeito de Nova Iorque, Bill de Blasio, disse recentemente em declaração a imprensa que ao menos a metade dos moradores da cidade de Nova York vai se infectar com o novo coronavírus durante a pandemia. Ele ainda estimou que ao menos 20% dos infectados evoluirão para casos mais graves de coronavírus, e que parte deles morrerá. O governo americano também calculou que os Estados Unidos podem ter até 200 mil mortos devido o coronavírus. O governo dos Estados Unidos afirmou que o país precisa se preparar para ter entre 100 mil e 200 mil mortes por coronavírus e que os moradores dos Estados Unidos precisam devem ser atentar às politicas de distanciamento social porque as proximas semanas serão dramáticas. Novamente os itatirenses foram as redes sociais criticar o governo dos Estados Unidos. “Esse povo devia nem postar isso no grupo porque esses cientistas não sabem de nada”, disse uma itatirense. “Meu povo temos que confiar é em Deus, temos que pedir força a Deus, não vamos ligar para o que cientista dizem não que eles não sabem de merda nenhuma”, disse uma mulher de Itatira.

Também houve criticas até para um professor do município que ao realizar um calculo estimou que o número de mortes em Itatira pode ser de até 43 pessoas se apenas 10% da população de Itatira contrair o vírus. “Esse professor quer saber mais do Deus. Ninguém pode estimar uma coisa dessa, só Deus pode”, disse uma senhora de Itatira. Enquanto isso, os moradores do município seguem a maioria sem respeitar as orientações de segurança. Grande parte dos moradores do município de Itatira não estão ainda respeitando a orientação de permanecer em casa e a vida no município segue normal. O vai e vem de pessoas nas ruas, continua o mesmo antes do decreto do governador e nada foi alterado. As cenas de poucas pessoas circulando pelas ruas ainda não chegou no município de Itatira.

Profissionais da vigilância sanitária afirmam que estão enfrentando dificuldade para que as pessoas cumpram as orientações de segurança. A coordenadora da vigilância sanitária Priscila Alves afirmou ao Itatira NEWS que a vigilância sanitária tem realizado um trabalho de orientações entre a população como manter a distância de um metro entre as pessoas. “A gente faz nosso trabalho, vai la passar as orientações, eles cumprem. Ai daqui uns minutos já tão tudo junto dinovo e próximo um do outro”, disse a coordenadora da vigilância sanitária Priscila Alves ao Itatira. Os moradores de Itatira continuam com as criticas a cientistas em redes sociais. “Meu povo cientista e professor não sabe de nada não, quem sabe é Deus. Não devemos ligar para o que eles dizem não. E for de morrer é porque chegou a hora é porque Deus quis”, disse outra itatirense.