23°

Poucas nuvens

Itatira - CE

Dólar com.

R$ 5,34

Euro

R$ 5,93

Peso Arg.

R$ 0,08

Madalena MADALENA EM ALERTA

Município de Madalena confirma 2 casos de coronavírus

A prefeita voltou a fazer um apelo pelo isolamento social

27/04/2020 19h00 Atualizada há 1 mês
Por: Itatira NEWS

O município de Madalena, no interior do Ceará, confirmou nesta segunda-feira (27) o primeiro caso de coronavírus no município. “Todos que nós atendemos nenhum deu positivo. Mas esse cidadão de Madalena procurou um hospital particular em Fortaleza e lá fez o exame. Ele confirmou como positivo. Só tive conhecimento hoje desse caso. Aliás a informação que tenho é que esse cidadão de Madalena já está curado”, disse a prefeita do município de Madalena, Sônia Costa, afirmando que o paciente também já recebeu alta e não está mais em isolamento. A prefeita informou que já informou de maneira informal ao promotor da cidade e que irá depois enviar um comunicado de maneira formal ao promotor. “Portanto esse paciente não passou pelo nosso sistema municipal de saúde, mas é um morador de Madalena”, destacou a prefeita.

 

Também nesta segunda-feira o município de Madalena confirmou mais um caso. O segundo paciente foi diagnosticado em um hospital em Quixeramobim. Segundo a prefeitura do município, o paciente estava assintomático e foi realizar outro serviço hospitalar em Quixeramobim e la foi submetido a um teste para coronavírus que deu positivo. “Este segundo paciente não tinha sintomas, mas fez o teste rápido e foi confirmado”, disse a prefeita. "Nenhum destes dois casos, portanto, terão entrada em nosso sistema hospitalar. Um foi em Fortaleza e outro em Quixeramobim", disse a prefeita. A prefeita voltou a fazer um apelo pelo isolamento social e pediu para que as pessoas procurem postos de saúde caso sintam algum sintoma. A prefeita também pediu que os moradores façam denuncias caso saibam de pessoas suspeitas que possam estar infectadas pelo vírus e lembrou que o município possui testes rápidos. “Infelizmente era algo que a gente já esperava que pudesse ocorrer”, disse a prefeita.