Itatira LUTANDO PELA VIDA

Após repercussão, itatirense que agonizava em UPA de Fortaleza é transferido para UTI

Na segunda-feira, a afiliada do SBT em Fortaleza e a afiliada da Rede Record em Fortaleza exibiram reportagens mostrando a situação da UPA

06/05/2020 14h16 Atualizada há 3 meses
Por: Itatira NEWS

O itatirense Antonio Amorim Gomes, de 56 anos, que estava internado em estado grave há mais de uma semana em uma UPA de Fortaleza foi transferido nesta quarta-feira (6) para uma UTI. Antonio Amorim foi transferido um leito de UTI no Hospital Geral Doutor César Cals, no Centro da capital cearense. Na segunda-feira (4), a afiliada do SBT em Fortaleza e a afiliada da Rede Record em Fortaleza exibiram reportagens mostrando a situação da UPA do bairro Bom Jardim, em Fortaleza, onde um itatirense está internado após contrair coronavírus. O programa Fantástico, da Rede Globo, se preparava para produzir uma reportagem e exibir em rede nacional mostrando a situação do paciente.

A filha do itatirense, Kallynne Gomes, deu entrevista as emissoras e cobrou a transferência de seu pai. A TV Cidade exibiu uma reportagem e fez um link ao vivo direto da UPA ouvindo reclamações de familiares. A TV Jangadeiro mandou equipe ao local e também ouviu reclamações de familiares. O Governo do Ceará não estava cumprindo da decisão da Justiça que determinou que fosse providenciado um leito em unidade de tratamento intensivo com urgência ao itatirense. O juiz Fabiano Damasceno Maia, da Comarca de Fortaleza, havia dado um prazo de 24 horas para a transferência do itatirense e fixou multa de 3 mil reais por dia de descumprimento.  Ao aceitar o pedido de liminar o juiz destacou trecho do relatório feito pela UPA em que diz que o itatirense é "paciente com indicação de cuidados médicos em Unidade de Terapia Intensiva (UTI) Prioridade I, com risco elevado de morte".