Crime JUAZEIRO DO NORTE

Mulher é baleada após se recusar a fazer sexo com homem

O PM é lotado no Batalhão de Iguatu e se apresentou na tarde desta terça-feira na Delegacia Municipal de Polícia Civil de Barbalha acompanhado de um advogado.

15/05/2020 20h10 Atualizada há 1 mês
Por: Itatira NEWS

Continua internada num dos leitos do Hospital Regional do Cariri (HRC) a jovem Nathália Maria da Silva, de 23 anos, que reside no bairro São José em Juazeiro do Norte. Ela foi lesionada com um tiro num dos braços disparado por um homem com quem ingeria bebidas alcoólicas em um bar que funciona nas imediações da Indústria IBK no Sítio Mata dos Dudas em Barbalha.

O crime aconteceu por volta das 07h desta sexta-feira e ali esteve uma ambulância do SAMU que a socorreu ao hospital. Uma patrulha da Companhia Militar de Barbalha esteve no local e diligenciou sem o êxito de prender o acusado. Ela ainda teria comentado para a polícia que o amigo de farra pretendia fazer sexo com a mesma e passou a insistir. Diante das negativas terminou alvejada com o disparo.

O Cabo da Polícia Militar Mayron Myrray Bezerra Aranha, de 29 anos, já está recolhido a uma cela na sede do 2º BPM de Juazeiro do Norte. Ele é acusado de lesionar com um tiro no braço a jovem Nathália Maria da Silva, de 23 anos, que reside no bairro São José em Juazeiro. O crime aconteceu na última sexta-feira (08), perto de uma boate no Sítio Mata dos Duda em Barbalha e ela apontou como motivo o fato de ter se recusado a fazer sexo com o policial.

Os dois tinham bebido durante a noite e madrugada daquele dia e, na fuga, o Cabo Myron ainda se envolveu num acidente ao bater o seu carro num poste da rede elétrica nas imediações da Indústria IBK. A garota foi socorrida pelo SAMU e esteve internada no Hospital Regional do Cariri (HRC) em Juazeiro. O PM é lotado no Batalhão de Iguatu e se apresentou na tarde desta terça-feira na Delegacia Municipal de Polícia Civil de Barbalha acompanhado de um advogado.

 

Após prestar depoimento, a autoridade policial apresentou ao Cabo Mayron um Mandado de Prisão Temporária expedido pela Comarca de Barbalha. Por volta das 18h ele foi submetido a exame cautelar na Perícia Forense de Juazeiro e recolhido ao 2º BPM. Ele vai responder inquérito policial por crime lesão corporal e deve ser submetido a uma sindicância no Conselho de Disciplina da Polícia Militar.